Redes Sociais

Leitura Dinâmica

Você está ainda insatisfeito com Deus?
Artigo publicado em: 03/06/2017
Compartilhe

Na manhã do dia 02 de junho, ouvia discussão entre pessoas que reclamavam do tempo frio, aqui na cidade de Curitiba. E pensei com meus botões: Que forma interessante de perder tempo! Reclamar de algo que recai sobre nós, pelo qual não temos nenhuma ingerência, é de amargar...

Muitos reclamam da vida que levam... do desemprego que alcançou suas vidas... da falta de oportunidades... alguns estão insatisfeitos com tudo... até com Deus!

Este artigo intenta demonstrar que você não deve, em nenhuma hipótese, estar insatisfeito com Deus, muito pelo contrário... sábios são sempre gratos a Deus!

O livro de Daniel, capítulo 3, narra sobre o livramento dos amigos de Daniel, da fornalha de fogo. Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, se recusaram a curvar-se perante a estátua de ouro do rei Nabucodonosor, e em função da desobediência, foram condenados a morrer queimados na fornalha.

Inqueridos porque desobedeciam a ordem real, responderam: "Se o nosso Deus, a quem servimos, quer livrar-nos, ele nos livrará da fornalha de fogo ardente e das tuas mãos, ó rei. Se não, fica sabendo, ó rei, que não serviremos a teus deuses, nem adoraremos a imagem de ouro que levantaste."

Nabucodonosor se encheu de fúria, e ordenou que lançassem os três desobedientes na fornalha, e mais, que esta fornalha se acendesse sete vezes mais forte do que se costumava fazer.

Muita lenha foi providenciada para esta tarefa...

Os três amigos foram amarrados com seus mantos, suas túnicas e suas outras roupas, e lançados sem piedade na fornalha sobremaneira ardente. O fogo era tão intenso que suas chamas mataram os soldados que os lançaram... E os três foram vistos andando calmamente e entre as fortes chamas... E não havia nenhuma amarra...

E Nabucodonosor e todos os outros viram um quarto homem que caminhava entre o fogo... O aspecto deste homem era semelhante a um filho de deuses...

Após um tempo, o rei Nabucodonosor, estupefato com o que via, se achegou mais perto da boca da fornalha e chamou os homens para fora...

Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, saíram completamente ilesos... as chamas intensas não lhes provocaram nenhum sinal... nada...

Absolutamente nada!

E o rei fez prosperar os três amigos na província de Babilônia...

Reflita uns minutos sobre o comportamento dos três amigos que não tiveram nenhum temor frente a morte tão cruel. Que exemplo de fé em Deus!

E Deus não os abandonou... Ele era o quarto homem entre as chamas...

2 Samuel 12, a partir do versículo 16, lemos sobre a morte do filho de Davi com Bate Seba. Davi buscou a Deus pela vida da criança, e jejuou e clamou ao Senhor por socorro, durante sete dias...

Mas a criança morreu... E informado da morte, o rei Davi lavou-se, ungiu-se, mudou suas vestes, e foi a casa do Senhor... E o adorou!

Depois foi para sua casa, e fartou-se de comer...

Ora, todos se espantaram com a atitude do rei, e este lhes respondeu:

"Vivendo ainda a criança, jejuei e chorei, porque dizia: Quem sabe se o Senhor se compadecerá de mim, e continuará viva a criança? Porém, agora que a criança é morta, por que jejuaria eu? Poderei eu, fazê-la voltar? Eu irei a ela, mas ela não voltará para mim."

E Davi veio a sua esposa Bate Seba, e a consolou... E se deitou com ela; teve ela um filho a quem Davi deu o nome de Salomão; e o Senhor o amou.

Salomão consolidou e fortaleceu o reino... Para a alegria e o orgulho de seu pai Davi... Um homem, segundo o coração de Deus. Jamais insatisfeito com Deus!

Comente este artigo