Redes Sociais

Leitura Dinâmica

Quem não puxa saco... vive na sensatez!
Artigo publicado em: 02/11/2016
Compartilhe

Um provérbio diz: "quem não puxa saco, puxa carroça". Mas, sinceramente, não entendo desta maneira, principalmente dentro da Política.

Primeiro vamos entender o que é puxar saco. Puxar saco é bajular, defender uma pessoa quando a situação por si lhe condena, mas preferimos fechar os olhos e acreditar que esta pessoa não é culpada por algo, fazendo-lhe defesa que impede até mesmo a discussão sobre a situação na qual a pessoa é alvo da crítica.

Dentro da Política, tive muitas oportunidades de puxar saco, mas, sinceramente, não consigui e por isso por vezes ganhei o rótulo de "não confiável", porque prefiro a discussão sensata, a avaliação correta de situações do que o "aceitar goela abaixo".

Ao invés de puxar saco, precisamos saber reconhecer as ações de cada um; mas isso não quer dizer que suas falhas devam ser ignoradas por nós; é comum, quem recebe um favor político fechar os olhos para os erros de um político e isso pode prejudicar toda uma sociedade.

Normalmente, na Política, quem puxa saco não sabe o que é passar dificuldades financeiras, mas isso é muito pouco perto da verdadeira contribuição que cada um de nós deve dar para a melhoria da sociedade.

Quando não se puxa saco o senso crítico nosso fica mais aguçado e além de poder ajudar outras pessoas a melhorar seu entendimento para uma vida melhor, nós próprios somos beneficiados, porque quando criticamos somos criticados e a crítica, a verdadeira, nos faz crescer como seres humanos.

Quem não puxa saco, vive na sensatez! Quem não puxa saco constrói o futuro, enquanto quem escolhe o contrário acaba por comprometer seu crescimento e o crescimento e evolução da sociedade. Pense nisso!

Comente este artigo